UDC#04 – Domin-8 Me! ou Take on Me

Por | 30/01/2014 | Sem Comentários

+18

Sim, mudar sempre é bom.

Apesar de eu não curtir muito hentai – por causa das minas suplicantes que tem acoplados peitos assustadores? Sim, é isso mesmo. E os tentáculos, que tenho medo genuíno. Ainda assim vou atrás e este específico me chamou atenção quando li.

Para começar temos a divisão dos capítulos que são quase todos títulos de filmes como From Dusk Till Dawn (Um Drink no Inferno), Arlington Road (O Suspeito da Rua Arlington) e Reservoir Dogs (Cães de Aluguel). Excetua-se o último chamado Band of Brothers referente ao seriado da HBO e a quantidade de seres interagindo juntos no mangá.

Iniciando-se de maneira bastante gasta Tonomori Tsuda sem querer derruba sua câmera fotográfica e capta um vibrador em plena atividade embaixo da saia escolar de Hikaru Ohno. Assim sendo, ele aproveita a oportunidade pra realizar uma chantagem básica: ou ele perde a virgindade com ela ou espalha pros quatro ventos seus afazeres extracurriculares, não pêra…

domin8me_005

Tsuda e Hikaru

Esse primeiro capítulo Knockin’ On Heaven’s Door é mais do mesmo, serve só pra introduzir (isso mesmo) os personagens, tipo o fato que ambos já tinham sacado um ao outro antes. No final Hikaru, que não é de falar muito revela que ela gostava dele há certo tempo, e que se não tivesse rolado esta oportuna chantagem da parte de Tsuda ela mesma teria feito alguma coisa pra chamar sua atenção, coisa que não dá pra duvidar em nenhum momento.

Porém, o segundo capítulo já melhora consideravelmente em trama e traço, tanto que o rosto e cabelo de Tsuda estão completamente diferentes. Aqui eles evidenciam as diferenças físicas dos dois: enquanto ele é muito baixo, Hikaru já é extremamente alta. Na verdade isso foi um dos detalhes que gostei bastante desta personagem, além de ela ser bastante prática e direta. Ah, detalhe é que todo mundo usa óculos aqui, megane hard!

domin8me_030

Tonomori Tsuda com cabelos pretos

Depois já entram os “penetras” da festa (por que hentai com um casal só é difícil de encontrar) como a irmã mais velha de Hikaru, chamada Kei a quem achei extremamente divertida! Já com vinte e seis anos essa pessoa tem dificuldade de relacionamento com o sexo oposto por causa do tipo de corpo que tem: baixinha, pouco peito, quadril reto.

Existe uma apresentação engraçada em que é mostrado em off dois homens dizendo algo como “Sair com a Kei? O problema são as pessoas perguntando se ela é minha filha” – e no quadro seguinte ela chuta ambos na cabeça. Depois disso ela já está fuçando no computador da irmã e acaba encontrando um vídeo de sexo, e não, ela nunca tinha visto antes na vida. Sim, o autor sabe que é um absurdo por que logo após a revelação tem escrito nos céus “O Que Diabos Você Esteve Fazendo?!”.

O resultado é óbvio: o cunhado é solicitado pra ajudar e por mais que pareça absurdo para o público não familiarizado, ficou até verossímil a situação conforme foi retratada aqui. Enfim.

takeonme_059

Tsuda, Hikaru e Kei

 

Depois ainda surge um casal composto por Ryoko Enatsu e Koichi Tatsukawa. Eu não sei por que estou me dando o trabalho de colocar os nomes completos, se houver algum significado escondido aí, por favor, avisem (nos nomes deles quero dizer). Ela que começa como uma dominatrix depois, coitada. Só falo isso. Ainda tem um ódio competitivo contra nossa heroína Hikaru que começa em Arlington Road, culmina em Reservoir Dogs e deslancha em Band of Brothers. Deu pra sacar?

domin8me_159

Pra fechar não posso deixar de citar a aparição horrenda (bem…) de uma professora ninfomaníaca sendo humilhada por seu aluno. Achei interessante o recurso que o autor utilizou para alguns estereótipos encontrados em hentai como a humilhada escandalosa, a professora e o aluno, o cara que deveria estar matando e roubando em vez de trepando com os outros, enfim. Tem tudo nesta cena, ainda sem atingir seus personagens – ou suas personagens melhor dizendo.

Ah, um obrigado a Sessyu Takemura – que é o autor da história – pela cena do parque com a chuva. Apreciei bastante o começo. High five!

Domin-8 Me! É o título original (com tradução feita por fãs). Take on Me foi o título da tradução oficial editada pela Eros Comix em 2004. Tem diferença entre as duas, sendo que a oficial os diálogos parecem mais pesados.

domin8me_002