UDC#05 – Ame to Muchi ou Carrot & Stick

Por | 05/02/2014 | Sem Comentários

+18

Yei! Preparem-se que iremos polemizar nesta dose semanal!

Kaoru Uchida é uma das minhas autoras de yaoi favoritas por que consegue fazer histórias divertidas com tipos de corpos e comportamentos bastante apetitosos. Amizade, se você não gosta de pêlo, não gosta de homem ao meu ver e ponto final.

Este Ame to Muchi foi traduzido para o inglês como Carrot & Stick (traduzindo carrot  “cenoura ” e stick pode ser tanto “vara/pau”, como “meter/colar”) e não sei como alguém faria um título mais sugestivo do que este.

Li através da divisão do mangá em três partes: Wake nado Shiranai (I Don´t Know the Reason or Anything Like That), Jounetsu de Straight (The Passionate Sraight) e Sakanaya no ossan ga (The Old Man at the Fish Shop) e encontrei apenas em inglês que pode ser lido online. Mesmo que você não entenda muito ou nada do idioma imagino que para o propósito básico não exista problemas, então se divirtam!

 

39602l

Bem, como disse antes este aqui é polêmico (nem vêm haters, como se hentai fosse coisa muito moralista também!) por que o protagonista Yuusaku que atualmente se encontra prestes a se casar com uma garota, está total e completamente apaixonado por seu oyaji (pai). Desta forma pede para que o mesmo ceda seu nada-mau corpo como despedida de solteiro. Na verdade é pai adotivo, de qualquer forma testemunhamos em flash-back o progresso do relacionamento dos dois durante seus anos de convívio antes do papai responder a indecorosa questão.

r06

A segunda história The Passionate Straight engloba um casal proveniente de um mangá anterior da autora (Damatte Naite Irunodesu) em um tipo de conto extra que você não precisa ter nenhum conhecimento prévio para aproveitar. Trata-se de um ex-jogador profissional de baseball que é levado por um admirador a treinar um time local do esporte e ambos acabam se envolvendo. Neste capítulo temos como localização o alvo de muitas fantasias: o vestiário.

 

f01

E por fim a última e não menos interessante história, principalmente para ossan lovers (que gostam de personagens velhos, no sentido de vovôs mesmo). Não que Kurumi-san seja algo como um velho desdentado, nem parecido, mas ainda assim existem desafios no seu relacionamento com o jovem Haruto que devem ser transpassados e enquanto ambos tentam se “entender”, nós nos entretemos bastante, obrigada.

r01

Rápido e “fácil” de ler Ame to Muchi é a primeira do que espero serem muitas indicações yaoi/bara desta minha sessão depravada. Tentarei equilibrar entre os livros de banca, hentai e yaoi. Veremos se consigo, até a próxima!