O BALCONISTA

Por | 27/02/2014 | Sem Comentários

Filme lançado em 1994 de forma independente com o custo de 28 mil dólares tirados do próprio bolso de seu criador – Kevin Smith, que dirigiu, escreveu e também atuou. Parte do valor foi obtido com a venda de sua coleção de quadrinhos. Esse ano Balconista completa 20 anos.

A história começa com Dante Hicks (Brian O’Halloran) o balconista de uma loja de conveniência chamada Quick Stop em New Jersey. Ele é chamado em seu dia de folga para substituir outro funcionário que alega estar doente, após uma breve discussão com seu patrão ao telefone, é “convencido” e vai trabalhar.

36

A intenção é mostrar um dia na vida de dois balconistas com perfis diferentes, sendo Dante uma espécie de “loser” na casa dos seus 30 anos que tenta fazer os clientes comprarem chiclete ao invés de cigarro, se preocupa com as pessoas, fã de Hockey e namora Veronica (Marilyn Ghigliotti). Ao lado de sua loja tem uma locadora (época do VHS) onde Randal Graves finge que trabalha. Esse é totalmente inverso pouco se lixando para os clientes, sempre debochando, imune a opinião alheia e quando o tédio aumenta (quase sempre) resolve encher o saco do colega ao lado.

23

O roteiro é cheio de diálogos entre os dois que discutem teorias sobre o mundo pop com argumentos plausíveis colocando questões despercebidas pelo público (um dos primeiros do que seria “nerd movies” com citações de Star Wars, etc) e situações atípicas com os clientes, sendo quase impossível não dar risada em algum momento ou concordar com as teorias por mais absurdas que sejam. Isso tudo partindo da cabeça nerd de Kevin Smith que transformou Balconista numa graphic novel em preto e branco na grande tela.

Kevin Smith interpreta Silent Bob que não fala nada durante todo o filme. Ele, junto com seu parceiro Jay (figuraça) vendem maconha em frente à Quick Stop, eles só entram na loja para comprar cigarro.

35

Clerks (Balconista em inglês) também teve uma série animada em 2000, mas somente dois episódios foram ao ar antes de ser cancelado. Mais tarde, foi lançado em DVD contendo os seis episódios que já haviam sido produzidos.

Em 2006 chega Balconista 2, que leva Dante e Randal a trabalharem juntos numa lanchonete após o lugar antigo ter sido incendiado. O estilo de direção continua na mesma pegada dando continuidade aos debates intensos em que tentam decidir quem é melhor: George Lucas, Peter Jackson ou Jesus. Esse já é filmado em cores

38

Foi anunciada a intenção do terceiro filme da franquia (esperem citações de trilogias). A trama começaria com a dupla se conhecendo no jardim de infância. A princípio Kevin Smith tinha intenção de produzir através do sistema crowdfunding usando o Kickstarter, mas desistiu no meio do caminho demonstrando grande respeito ao cenário independente.

“Diferente de quando fiz O Balconista, tenho acesso a dinheiro agora, então deveria usá-lo e não sugar da fonte do crowfunding que poderia ir para um novato que realmente precisa”.

Pra mim, o final é o que menos importa, você só quer continuar ouvindo as “besteiras” entre os dois e a diferença em como tratam seus clientes, mas mesmo assim nos é proporcionado um final cômico e foi o filme que lançou Kevin Smith a notoriedade com sua visão do mundo nerd.