DEAD SET

Por | 12/02/2014 | Sem Comentários

Antes de criar Black Mirror, Charlie Brooker já demonstrava todo seu levante em relação aos reality shows em Dead Set. É uma série de cinco capítulos, que no seu começo nos apresenta os bastidores e os participantes de um programa Big Brother inglês).

Todos eles são totalmente estereotipados em busca de se tornarem uma celebridades a qualquer custo, e isso é explorado de forma escrachada pelo produtor do programa Patrick (Andy Nyman) para atingir mais público, funciona como uma espécie de barganha – fama em troca de audiência.

Está em dia de eliminação, ou seja, alguém terá que sair da casa. O local onde o público fica para receber o eliminado está cheio, mas algumas rebeliões que estão acontecendo pelas ruas podem cancelar a transmissão desse dia, algo que Patrick como um destemido porco capitalista não deixará ocorrer. E assim acontece – o programa vai ao ar.

Lá fora algumas coisas estranhas estão acontecendo, como zumbis atacando as pessoas. Sim, zumbis, esses acabam invadindo a sede do programa quando a loira/peituda/tosca/eliminada está sendo entrevistada pela apresentadora, a partir daí é cada um por si.

02

Kelly (Jaime Winstone) que trabalha como assistente entregando café e executando outros serviços de “escrava” na produção do programa consegue escapar e se esconde por um tempo dentro de uma sala. Patrick idem, mas em outra sala junto com a eliminada.

No dia seguinte Kelly descobre que o único jeito de matar os invasores é atingindo a cabeça e conforme o andamento ela se torna a protagonista da série. Um dos poucos lugares que não foi invadido é a casa onde os participantes estão, mas nem imaginam o que está acontecendo do lado de fora.

Kelly então consegue entrar na casa e agindo de maneira escandalosa comunica a situação, mas é confundida com uma nova integrante fazendo parte de uma prova do programa. Em seguida são convencidos quando ela estoura os miolos de um zumbi.

03

Daí pra frente começa a sessão “survivor” em que a expressão “eliminado” ganha mais sangue e a palavra reality chega mais próxima da sua tradução.

Os estilos dos zumbis em Dead Set se parecem mais com os do filme Guerra Mundial Z, mas poderiam ter caprichado mais na maquiagem apesar de conforme os capítulo irem passando ocorreu uma melhora significativa, isso pode ser explicado pela baixa produção inicial.

O final é uma grande analogia e crítica sobre essa procura para alcançar a popularidade e as “pessoas que se alimentam de outras pessoas”. Tanto quem está observando  como quem está sendo observado, atrás ou na frente das câmeras, no final acontece é uma grande confissão.

 

Escrita por: Charlie Brooker

Dirigida por: Yann Demange

Ano: 2008

Episódios: 5